7 de mar de 2017

Aquela

era sua poesia

falar

enquanto fudia



Aquarela
jazida
ia devagar
agarrava a cama vazia
Ouvia os gastos
sarava o vago vácuo
curava as teses toscas
outras horas
satisfazia
as vidas e vindas

Carola Bitencourt
07/03/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário